Instalando o Oracle Instant Client e Compilando PHP

Dicas Importantes migrando de MySQL para Oracle em Rael Cunha

Retirado de John Wendell

Olá, pessoal. Segue um roteiro de como, em questão de minutos, ter um cliente oracle pronto pra funcionar no Linux.

  1. Baixe os arquivos Basic, SDK e SQL*Plus, salve-os em uma pasta temporária.
  2. Descompacte os três arquivos (.zip) no diretório /usr/lib/instantclient
  3. Crie um link simbólico:

    cd /usr/lib/instantclient sudo ln -s libclntsh.so.10.1 libclntsh.so

  4. Ajustar o ldconfig para essa pasta:
    sudo sh -c “echo /usr/lib/instantclient >> /etc/ld.so.conf.d/instantcliente” sudo ldconfig
    sudo sh -c “echo export LD_LIB_PATH=/usr/lib/instantclient >> /etc/profile”
  5. Ajustando o SQL*Plus

    sudo ln -s /usr/lib/instantclient/sqlplus /usr/bin/sqlplus

. Pronto! Está instalado. Para testar, você pode usar o SQL*Plus.

sqlplus system/manager@//servidor_oracle/sid

Perceba que usei a sintaxe nova do SQL*Plus para me conectar ao Oracle. Se você deseja usar o tnsnames.ora, execute os seguintes passos adicionais:

  1. Copie o tnsnames.ora para a pasta /usr/lib/instantclient
  2. Crie uma variável de ambiente, que aponta para a pasta onde está o tnsnames.ora:

    sudo sh -c “echo export TNS_ADMIN=/usr/lib/instantclient >> /etc/profile”

  3. Efetue logoff e login novamente (ou execute o arquivo /etc/profile)

. Para finalizar, uma dica: Para obter as mensagens do Oracle em português, faça:

sudo sh -c “echo export NLS_LANG=’BRAZILIAN PORTUGUESE_BRAZIL.UTF8′ >> /etc/profile”

.

Instalando o PHP

Pré-Requisito

Passo 0 (zero): É necessário um cliente oracle instalado na máquina. Caso ainda não tenha um e queira instalar um [levíssimo] cliente, acesse este post. Feito isso, siga essas etapas:

Instalação

    1. Instale o apache e outros pacotes necessários: – e os milhares de dependências )

      sudo apt-get install apache2 apache2-threaded-dev flex bison libxml2-dev gcc g++ make autoconf automake libtool php-pear build-essential libaio1

    2. Pode ser necessario reinicializar a maquina apos esta etapa.
    3. Baixe o [fonte do] php em http://www.php.net/downloads.php
      Descompactar em alguma pasta, no meu caso: /home/wendell/php-5.1.4
    4. Verifique se o /etc/apache2/httpd.conf esta vazio. Se estiver coloque um conteudo para evitar erro:

LoadModule mod_placeholder /usr/lib/apache2/modules/mod_placeholder.so

    1. Compile o php:
      cd /home/wendell/php-5.1.4 
      ./configure \ 
      --with-apxs2=/usr/bin/apxs2 \ 
      --with-oci8=instantclient,/usr/lib/instantclient \ 
      --with-config-file-path=/etc/php5 \ 
      --prefix=/usr/lib/php  
      make  # se der erro no make use make clean  make test sudo 
      make install 
      sudo mkdir /etc/php5 
      sudo cp php.ini-dist /etc/php5
      

Adicione --disable-cgi e make install-cli para gerar o php-cli

  1. Adicione ou descomente a linha abaixo do /etc/apache2/apache2.conf:

    AddType application/x-httpd-php .php

  2. Reinicie o apache:

    sudo /etc/init.d/apache2 restart

Pronto. Agora é só testar!

Crie um arquivo vazio com o seguinte conteúdo:

&lt?php phpinfo(); ?>

E salve-o na pasta padrão do apache – /var/www – com o nome info.php. Abra o browser e visite: http://maquina/info.php Se tudo deu certo, deve haver uma seção OCI8 indicando as propriedades da extensão Oracle

Conectando PHP

Ajustar variaves de anbiente no /etc/profile export NLS_LANG="BRAZILIAN PORTUGUESE_BRAZIL.UTF8" export TNS_ADMIN=/usr/lib/instantclient Criar o tnsnames.ora no /usr/lib/instantclient nomeparaconectar = (DESCRIPTION = (ADDRESS_LIST = (ADDRESS = (PROTOCOL = TCP)(HOST = x.y.z.w)(PORT = 1521)) ) (CONNECT_DATA = (SERVICE_NAME = XE) ) ) Conexão no PHP#

Repositório Medibuntu – RMVB – Codecs

Post retirado de André Godim

Assistir filmes .rmvb ou .rm sempre exige um pouco de configuração e algumas gambiarras, agora no Ubuntu 8.04 Hardy Heron há uma forma mais fácil, vamos a ela u sando Medibuntu faça:

echo deb http://packages.medibuntu.org/ jaunty free non-free | sudo tee -a /etc/apt/sources.list

Depois faça:

wget -q http://packages.medibuntu.org/medibuntu-key.gpg -O- | sudo apt-key add – && sudo aptitude update

Agora faça:

sudo aptitude install w32codecs libdvdcss2 -y

Pronto, já estará rodando rmvb e rm. Além desses dois pacotes tem também nesse repositório as opções:

Acrobat Reader

Google Earth

IBM Java Runtime Environment

SUN Java Runtime Environment

Opera

Real Player

Skype

E os plug-ins:

bmp-wma

ffmpeg

libavcodec0d

libavformat0d

libdvdcss2

libk3b2

libk3b2-mp3

libpostproc0d

ppc-codecs

w32codecs

w64codecs

xmms-wma

Caso não funcione instale o ubuntu-restricted-extras (Se já estiver ativado é só clicar no link que será instalado). Ative os repositórios de terceiros em:

Sistema –> Administração –> Canais de Software

Abraços e boa sorte!! ;)

Interessado em aprender mais sobre o Ubuntu em português?

http://www.ubuntu-br.org/comece

Como conviver com a LER e DORT

O uso continuo e repetitivo do teclado e do mouse principalmente, tem causado dores nos punhos de várias pessoas. Eu tambem tive e tenho. Depois de vários tipos de tratamentos e de várias visitas a médicos e fisioterapeutas, descobri que não tem cura.

O jeito e conviver, para isto seguem algumas regras básicas que me ajudaram muito.

a) treinar as duas mão para o mouse e trocar o mouse de mão a cada hora.

b) digitar mais lentamente e não usar todos os dedos conforme aprendemos nas aultas de datilografia, ao contrario, usar dois ou tres dedos de cada mão apenas.

c) decorar o número máximo de teclas de atalho possiveis. Existem muitas e algumas são específicas de cada sistema ou programa. Por exemplo a tecla Win+E no windows abre o Windows Explorer (Navegador de arquivos de diretorios do Windows). Para fazer a mesma operação com o mouse voce vai ter que clicar em iniciar, todos programas, acessórios, windows explorer, o seja, o “custo” de não usar a telca de atalho e muito superior, serão 4 cliques do mause, contra uma tecla de atalho.

Espero ter ajudado …