Lan house livre com Linux

Referencia: Plino Torres

Que tal montar uma Lan House usando apenas software livre? Sem problemas com fiscalização de licenças de softwares piratas, programas de controle de usuários caros ou vírus nas máquinas.

Se o foco do seu negócio é acesso à internet e jogos, não existe nenhum tipo de impencílio para o uso de soluções livres. Basta apenas escolher o aplicativo certo para cada tarefa.

Sistema operacional: Com o uso de qualquer distribuição Linux, é possível utilizar máquinas clientes potentes ou que possuam baixos recursos de hardware, com bom rendimento de operação. Qual é o tempo médio de parada para um cliente Windows, considerando as rotineiras tarefas de formatação do sistema com erros e remoção de vírus? Esse tipo de problema fica em segundo plano ao utilizarmos Linux.

A Utilização de distribuições Linux de fácil configuração e manuseio como Ubuntu, Fedora ou Debian darão acesso mais rápido e estável à rede, com uma diminuição significativa nos gargalos que tornam a conexão da sua Lan um desastre em matéria de velocidade de acesso.

Navegador: Internet Explorer? Nunca mais! Os clientes da sua lan house vão adorar a velocidade e estabilidade do Firefox, navegador livre presente em praticamente todas as distribuições Linux. Ele possui suporte para todas as missões que são frequentemente encaradas em uma lan, como acesso a videos em flash ou sites de bancos que usam Java. Segurança total para compras na internet ou sistemas que utilizam login e senha. Se preferir, utilize outras várias opções disponíveis, com o Opera ou o Flock.

Comunicador Instantâneo: Não importa qual comunicador seus clientes utilizam, o software livre está preparado para atendê-los. O AMSN é um dos clientes de bate-papo mais utilizados no mundo livre, sem perder em funcionalidade ou recursos para o MSN Messenger da Microsoft. Outras opções de comunicadores também se fazem presentes, como o versátil Pidgin, que se conecta a praticamente todos os outros comunicadores existentes, com ICQ, Google Talk, MSN, IRC, entre outros. O uso de comunicadores gratuitos online como o Meebo também garantem segurança e privacidade na comunicação.

Escritório: Além da enorme gama de aplicativos livres que o Linux já oferece, aplicativos de escritório como o OpenOffice (padrão na maioria das distribuições Linux) realiza todo o trabalho de aplicativos como Word, Excel e Power Point, abrindo e salvando documentos nos mais diferentes formatos. A grande vantagem? O lucro aumenta, já que o gasto com licenças de softwares pagos é zero e as chances de você ser preso por usar software pirata em sua lan house também são nulas. :)

Rede: Utilize aplicativos livres como o servidor de proxy Squid, que acelera drasticamente a navegação, controlando suas conexões e bloqueando conteúdos impróprios. Usando ferramentas livres você ainda distribui seus endereços de IP, evita invasões e ainda gera relatórios de uso de banda, sites mais visitados, etc e fica por dentro do que é acessado em sua rede.

Jogos: Além dos vários emuladores como o Wine, PlayOnLinux e Wine Doors que permitem rodar jogos Windows no Linux, o sistema ainda possui uma vasta coleção de jogos (SuperDownloads, Ubuntu Games, Linux Games, Top Games, Happy Penguin, Fedora Games, ILoveTux) e alguns títulos para Windows já compatíveis com o pinguim.

Controle de Usuários: Apesar da possibilidade de customização do sistema para esse fim, o Linux já apresenta alguns programas gratuitos para administração e controle de máquinas em Lan houses.

O software OpenLanhouse surge como um projeto audacioso que visa o controle total de uma lan utilizando somente ferramentas livres. Entre suas recentes funcionalidades implementadas se destacam: suporte à usuários, auto detecção de novas máquinas no servidor, suporte à histórico, modo limitado e não limitado, modo registrado e não registrado, suporte à logins, dívidas abertas e movimentação de caixa.

O software é desenvolvido por um brasileiro e promete muitas melhorias em sua próxima versão, como multi-linguagem, modo pós-pago e pré-pago e suporte à tickets.

Já o Zeiberbude é um software dedicado ao gerenciamento de Cyber-Cafés/Lan Houses de uma forma simples e fácil, tendo funções simples como configuração de tarifas, produtos e clientes (computadores que serão gerenciados); controle de tempo por cliente (neste caso cada computador deverá estar rodando o cliente zbdesk) e controle de impressão. Não há um limite para a quantidade de computadores clientes, sendo que os computadores poderão ser organizados em grupos. O cliente zbdesk está disponível para os ambientes Linux e M$ Windows (NT, 9x, etc.), enquanto que o gerenciador etá disponível apenas para o ambiente Linux.

Baseado no Zeiberbude, o CybOrg também com interface e documentação em português, é desenvolvido em Perl e PostgreSQL e pode ter clientes linux e Windows.

Em alguns casos a customização de um sistema para o controle da lan utiliza e permite Linux, mas não o isenta do pagamento pelo software. O LanOS desenvolvido pela Criativa, possui muitos recursos como jogos famosos no Linux, mas não é gratuito.

Mais sobre o assunto? Leia também os ótimos artigos publicados no site Guia do Hardware:

Implementação de Lan Houses em Linux: Mitos e verdades

A primeira Lan House Linux do País

Anúncios

One thought on “Lan house livre com Linux

  1. anticodebr

    Existe um outro gerenciador de lan house chamado Main Control, totalmente em portugues e bem fácil de usar e instalar, funciona perfeitamente com ubuntu sendo que também já esta sendo usado com o metamorphoselinux.net/ e derivados do debian

    Quem quiser experimentar esse é o site do projeto maincontrol.com.br/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s