Instalação Fedora 16 com GNOME 3

Segue passo-a-passo de como instalar o Fedora 16 e tambem a instalação de vários programas importantes para o dia-a-dia.

  1. Baixar  oFedora 16 e grava em CD. Depois fazer a instalação a partir do CD.
  2. Fazer sudo yum update. sudo yum upgrade para atualizar.
  3. Instalar ferramenta de linguagem: sudo yum install system-config-language
  4. Executar e depois reiniciar: system-config-language &
  5. Instalar o EasyLife: http://sourceforge.net/projects/easylife-linux/
  6. Instalar CODECS pelo EasyLife.
  7. Importar fotos pelo shotwell
  8. Importar músicas pelo rhythmbox
  9. Instalar Apache, PHP, MySQL,PHPMyAdmin:
  10. Instalar o dconf-editor pois pode ser util no futuro
  11. Instalar google chrome: http://www.google.com/chrome
  12. Configurar MySQL:
    1. sudo systemctl start mysqld.service
    2. sudo systemctl enable mysqld.service
    3. mysqladmin -u root password <senha>
    4. mysql -u root -p
    5. grant all on bd.* to user@’localhost’ identified by ‘senha_bd’;
    6. flush privileges;
  13. Configurar Apache:
    1. sudo systemctl start mysqld.service
    2. sudo systemctl enable mysqld.service
    3. sudo chown usuario:apache /home/usuario
  14. Instalar amule e vlc: sudo yum install amule vlc (testar velocidade gnome)
  15. Instalar NetBeans e plugin do PHP
  16. Instalar scripts de backup ou fazer backup usando ferramenta copia de segurança do proprio fedora
  17. Instalar Flash e utils: UNRAR, 7Zip, etc… via EasyLife.
  18. Acesso remoto: sudo yum install remmina remmina-plugins-rdp
  19. Compartilhamento de arquivos SAMBA: sudo yum install system-config-samba vim
Anúncios

Usando GNOME 2 no Fedora 16

O novo GNOME 3 é muito bonito e muito prático, porém, exige velocidade da máquina e principalmente da placa gráfica.

Para quem tem computador mais antigo ou simplesmente quiser utilizar o velho e bom GNOME 2, basta configurar no dconf-editor, abrindo os seguintes menus: org, gnome, desktop, session e mudar o parametro “session-name” para gnome-fallback.

Pronto, agora voce tem o conhecido menu superior na lateral esquerda.

Referência: IT Admin Tools

Teclas de atalho no Gnome 3 / Fedora

Após o Ubuntu adotar o Unity, passei a utilizar o Fedora 16 que usa o Gnome 3 e estou muito satisfeito. Percebi principalmente que ficou mais rápido, além de alguns travamentos apresentados pelo unity.

Seguem algumas teclas de atalho para o Gnome 3 muito interessantes:

Super ou Alt+F1 -> Abre a “tela de overview”;

 Ctrl sobre lançador -> Permite abrir nova instancia de programa que já esta rodando.

Alt+tab -> Troca de janelas;

Alt+’(ou a tecla acima do tab) -> Troca de janelas de uma mesma aplicação;

Alt+F2 -> Caixa para a entrada de comandos;
Digite um comando e dê um Ctrl+enter para executá-lo em um novo terminal;

Ctrl+Alt+Tab -> “Alternador de Acessibilidade”. Permite focar a barra de atividades e com isto navegar usando setas em vez do mause;

Ctrl+Shift+Alt+R -> Gravação do desktop. Gera arquivo de video de tudo que voce fizer. Bom para gravar screencast. Para parar a gravação utilizar a mesma combinação de teclas.

Ctrl+seta para baixo/cima -> Muda de área de trabalho acima ou abaixo;

Ctrl+Shift+seta para baixo/cima -> Move a janela atual para outra área de trabalho;

Alt após clicar no seu nome -> Segure a tecla alt pressionada, para que a opção “Suspender” irá se tornar “Desligar”.

PrintScreen -> Captura a tela inteira.

Alt+PrintSreen -> Captura somente a janela atual.

Visão geral sobre o GNome Shell: Gnome Sheel Tour

Maiores informações e fonte: Live Gnome Sheel Sheet

Boot Install Fedora 10

Paracarregar “boot install” usando o grub como carregador:

Baixar o vmlinuz e o initrd.img do /releases/10/Fedora/os/isolinux

Renomear para vmlinuz-fedora e initrd.img-fedora e colocar no /

no menu.lst

title Instalacao Fedora 10

root (hd0,0)

kernel /vmlinuz-fedora

initrd /initrd.img-fedora

Depois é so reiniciar e continuar a instalação a partir do cd-rom ou do endereco de internet do repositorio do fedora.

Tambem tem um projeto que pretende facilitar a instalação chamado unetbootin.