Copiar Contatos do iPhone para Android

Depois de pesquisar e tentar várias opções, finalmente consegui uma ferramenta para ajudar a copiar os contatos do iPhone para o Android.

Trata-se do NQ Contacts Sync. http://www.netqin.com/en/contacts/

Depois não conseguia sincronizar com o GMail (Contatos do Google). O único jeito foi exportar para o cartão de memória, gerando um arquivo .vcf e importar no http://www.google.com/contacts.

Ufa !

Para sincronizar outros itens como fotos, notas, agenda, mensagens, músicas e vídeos, veja o artigo do Juan em Comprei um Galaxy S3 (Android) e agora? O que devo fazer?

Este último ensina como sincronizar via Kies. Trata-se de um software da Samsung feito especialmente para sincronização e backup de dados dos celulares dela. Tambem permite ler os dados “backupiados” do iPhone e recuperar diretamente no Celular Galaxy.

Tambem permite atualizar o firmware dos aparelhos da Samsung.

Muito bom mesmo ! Após atualizar o firmware atualizaou para o Android 4.0.1 Legal !!!

Depois é preciso limpar os dados do iPhone. Para isto seguir o tutorial: Como apagar seus dados de iPhone, iPod e iPad

Galaxy Ace: fazendo root no Android

Após “googlar” bastante, ou seja, procurar bastante no google, consegui fazer root no Android usando um celular Galaxy Ace.

O que me levou a interessar por este procedimento foi o artigo publicado em Gizmodo: 10 motivos para fazer root no seu android

Para isto foi fundamental o tutorial do Cotidiano Linux !

Versão após feito o root: 2.3.6.

Com isto consegui instalar algumas aplicações interessantes como por exemplo o SSHDroid, conforme sugestão do Site PeopleWare Transforme seu Android em um servidor SSH

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Este blog é fantástico!.

Números apetitosos

Featured image

Um duende das estatísticas pintou esta imagem abstracta, com base nos seus dados.

Um navio de carga médio pode transportar cerca de 4.500 contentores. Este blog foi visitado 15,000 vezes em 2010. Se cada visita fosse um contentor, o seu blog enchia cerca de 3 navios.

Em 2010, escreveu 30 novo artigo, aumentando o arquivo total do seu blog para 146 artigos. Fez upload de 1 imagem, ocupando um total de 275kb.

O seu dia mais activo do ano foi 19 de maio com 112 visitas. O artigo mais popular desse dia foi Ativar Trace de uma Sessão no Oracle.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram google.com.br, search.conduit.com, pt-br.wordpress.com, ubuntuforum-br.org e google.pt

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por campos do jordão, freses, squid para windows, matroska para avi e caipicerva

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Ativar Trace de uma Sessão no Oracle abril, 2010

2

Squid no windows xp ou OpenDNS para controlar acesso a sites impróprios março, 2009

3

Resumo DBA Oracle 11g maio, 2009

4

Asterisk gravando ligações no MySQL abril, 2009
1 comentário

5

OpenLDAP no Ubuntu 8.10 Server e Client dezembro, 2008

Percentual invertido

Para saber o valor original, quando se tem somente o percentual e o resultado, aplicar a seguinte fórmula:

Original = 100
Percentual = -20%
Resultado = 80

Original = Resultado / (1 – (Percentual / 100) )
Original = 80 / 0,80
Orginal = 100.

Tambem funciona se o resultado estiver com acresimo em vez de desconto, porem, precisa utilizar sinal positivo em vez do negativo.

Original = 100
Percentual = +20%
Resultado = 120

Original = Resultado / ( 1 + (Percentual / 100) )
Original = 120 / 1,20
Orginal = 100.

Conectando Servidor Oracle

Para conectar ao servidor oracle é necessario configurar o sqlnet.ora e o tnsnames.ora que ficam em $ORACLE_HOME/network/admin.

Para o sqlnet.ora

SQLNET.AUTHENTICATION_SERVICES= (NTS)
NAMES.DIRECTORY_PATH= (TNSNAMES, EZCONNECT)
# para fazer trace… cuidado arquivos muito grandes
trace_level_client=16 #4-user, 10-admin, 16-support
trace_file_client=cli
trace_directory_client=c:\oracle
trace_unique_client=true
trace_timestamp_client=ON

TNSPING.TRACE_LEVEL = 4
TNSPING.TRACE_DIRECTORY = c:\oracle


Depois configurar o tsnnames.ora

NOMECONEXAO =
(DESCRIPTION =
(ADDRESS_LIST =
(ADDRESS = (PROTOCOL = TCP)(Host = 200.251.66.222)(Port = 15231))
)
(CONNECT_DATA =
(SERVER = DEDICATED)
(SID = ORCLDB1)
)
)

Apos esta configuração o TNSPING deve funcionar e retornar ok.

Tambem é necessário conseguir conectar usando o sqlplus com a seguinte sintaxe:

sqlplus usuario@NOMECONEXAO